Warning: mysql_real_escape_string(): Access denied for user ''@'localhost' (using password: NO) in /home/advocaciaonline/public_html/wp-content/plugins/easy-contact-forms/easy-contact-forms-database.php on line 152

Warning: mysql_real_escape_string(): A link to the server could not be established in /home/advocaciaonline/public_html/wp-content/plugins/easy-contact-forms/easy-contact-forms-database.php on line 152
Universidade de Coimbra entre as 100 Instituições de Ensino Superior mais influentes no mundo
Print Shortlink

Universidade de Coimbra entre as 100 Instituições de Ensino Superior mais influentes no mundo

De acordo com o Wikipedia Ranking of World Universities, a Universidade de Coimbra ocupa a 98.ª posição, ou seja, está entre as 100 instituições de ensino superior mais influentes no mundo.

A Universidade de Coimbra é a única instituição de ensino superior de língua portuguesa presente no top 100 deste ranking que publica a lista das 1025 universidades mais influentes, liderada pela University of Cambridge.

Os resultados são publicados na revista do Massachusetts Institute of Technology: MIT Technology Review.

Esta iniciativa, desenvolvida por investigadores da Université de Franche-Comté e da Université de Toulouse, em França, recorre a uma metodologia baseada na análise estatística independente dos artigos publicados em 24 edições da Wikipédia.

Esta avaliação reforça o bom desempenho da Universidade de Coimbra nas edições de 2015 dos diversos rankings universitários internacionais. Para além de marcar presença uma vez mais no top 500 dos mais conceituados (THE – Times Higher Education , ARWU – Academic Ranking of World e QS WUR – QS World University Rankings ), a Universidade de Coimbra ficou ainda no top 150 da primeira edição do QS Graduate Employability Rankings (QS GER), tendo sido mesmo a melhor instituição de ensino superior nacional.

Os resultados deste ranking foram divulgados em novembro de 2015, e são particularmente promissores na avaliação das parcerias com potenciais empregadores, o que contribui para melhorar as oportunidades de emprego dos diplomados da Universidade de Coimbra.

 

Fontes: Lusa, AICEP e MIT